VOCÊ COMPRARIA A SUA EMPRESA?

Se hoje você em vez de empreender algo novo estivesse a procura de uma empresa para comprar, você escolheria a sua empresa para investir o capital? Se a resposta é não, por que não?


A resposta a essa última pergunta, dada com franqueza e verdade, elencando todos os pormenores que te levam a dizer esse não, são os itens nos quais você deve trabalhar para melhorar o seu #negócio. E, quando chegar na #rentabilidade desejada para que a resposta seja sim, eu compraria a minha empresa, pergunte-se, ela vive sem você?


A reposta a essa pergunta dirá se você desenvolve uma #administraçãoprofissional o suficiente para que a sua empresa tenha #valor e para que ela não te pertença, não te consuma.


A solução para todas as respostas negativas é a administração profissional da empresa, não confunda com a administração “por um” profissional, mas uma administração que seja exercida de forma profissional, que tenha rigor contábil, que desenvolva #processosinternos com o objetivo de manter o negócio em constante evolução e crescimento, que priorize funcionários que buscam resultados e não só um salário no final do mês e 30 dias de férias por ano.


Se você não #comprariaasuaempresa e ou ela não vive sem você, busque informações de como exercer a administração profissional, só assim ela ficará mais velha que você.


1 visualização

©2008 por BRUM PINHEIRO ASSESSORIA JURÍDICA.