Por que você é um empreendedor?

Para pequenos empreendedores...

Você é empreendedor por Sonho ou por Necessidade? Começou com um sonho e virou um monte de necessidades? Ou foi necessário e virou um sonho?

Saiba que seus sonhos, ou resgatá-los, ou transformar a necessidade em algo especial, em um propósito de vida, é que trará a energia necessária para superar os desafios de empreender.

E tudo isso não pode ficar trancado no seu pensamento ou ser só tema das suas orações.

Você precisa transbordar seus sonhos, seus propósitos, e contagiar todos que estão ao seu lado, seus colaboradores, até chegar aos seus clientes.

Tudo o que é feito ou produzido na sua empresa precisa estar alinhado com seus sonhos empreendedores mais audaciosos.

Viver um sonho é isso, é coloca-lo em tudo o que é feito na sua empresa, em toda a sua organização, na relação com todos os que participam dessa estrutura.

E para tudo isso dar certo, seu empreendimento precisa ser encarado com profissionalismo e respeito.

Profissionalismo no sentido de que, apesar de estarmos falando em realização de sonhos, a prática exige formalidade e disciplina.

Respeito no sentido de que, se o seu sonho é empreender ou que você precisa empreender para realizar seus sonhos, saiba que, ao constituir uma empresa, você está construindo uma nova pessoa, que não se confunde com você e que precisa de independência para crescer.

A administração profissional de um negócio é a chave para o crescimento e sucesso empresarial. E também para preservar o empreendedor, no sentido de que, se a empresa não é o empreendedor e é maior que ele, seus desafios também, e o empreendedor não pode absorvê-los com o sentimento de que precisa ter a capacidade de resolvê-los sozinho – isso o levará ao desespero e ao fracasso pessoal – separar-se do empreendimento é fundamental para o êxito, tanto para possibilitar o crescimento quanto para não ser consumido pelo desgaste emocional que algo maior que si pode gerar.

Administração profissional não significa, necessariamente, a contratação de um administrador, mas sim a mudança de postura e a busca pelo assessoramento profissional para a gestão do negócio, visando sempre seu crescimento. Nesse ponto duas áreas são fundamentais, a contabilidade e a assessoria jurídica, ambas especializadas em gestão.


0 visualização

©2008 por BRUM PINHEIRO ASSESSORIA JURÍDICA.