Opiniões X Assessoria Especializada

“Opiniões são os bens mais baratos da Terra.” (Napoleon Hill)


Esse texto é inspirado em histórias assim:


Alguém tem uma grande ideia, vamos chamá-la de Joana. Joana reuniu alguns conhecimentos e “plim”, surge algo novo, inovador e que certamente vai trazer muitos benefícios para muitas pessoas, vai resolver problemas, vai “causar”.


Joana, muito entusiasmada, quase não cabendo em si, convida o irmão, a mãe, o pai, a melhor amiga, o marido, ou até a esposa, aquela conhecida que ele acha que tem uma ótima visão de negócios, a “empreendedora de sucesso do bairro”... e conta a sua “brilhante ideia”, seus planos, suas aspirações com o seu novo negócio. Os olhos brilham, o coração acelera e as ideias e possibilidades são todas expostas.


Imediatamente recebe todo o tipo de opinião, as positivas, as negativas, as que transformam suas ideias em outras coisas e, em especial, as desanimadoras. Os mais velhos a tolhem, porque inovar é muito arriscado. Os mais jovens não a compreendem muito bem, mas mesmo assim dão mais ideias. E um ou outro pega todas as informações e sai sem dar opinião, porque vai pensar e analisar se isso pode mesmo dar certo e, provavelmente vai colocar em prática mais rápido do que a Joana.


Enquanto a Joana... bem, a Joana vai ficar sonhando, pensando no que lhe falaram e vai tentar fazer alguma coisa com tudo isso. Em alguns casos vai até abrir um negócio e nem vai pensar em gestão, o produto ou serviço (agora cheio de transformações opinativas) é a única coisa que importa. Vai procurar a contadora amiga recém-formada, cheia de opiniões e nenhuma experiência, e “colocar a mão na massa”.

Resumindo a história, a Joana vai abrir a empresa, que funcionará por alguns meses, até que chegarão todos os problemas que surgem de uma boa ideia cheia de opiniões e sem análises; o negócio desmorona e Joana rapidamente muda de ideia, ignora alguns problemas, troca de ramo e segue a vida movida por opiniões alheias, rodando no mesmo lugar, alguns sucessos curtos, muitos tombos...


Acompanhei diversas pessoas que acabaram nesse circulo vicioso que é ter grandes ideias e não ter êxito, porque seguem opiniões alheias em vez de buscar conhecimentos especializados e pareceres verídicos sobre o que dá ou não dá certo, sobre o que é preciso verdadeiramente fazer para colocar seus sonhos em prática.


A grande decisão de colocar ideias em prática requer, em primeiro lugar, manter a boca fechada e os olhos e ouvidos bem abertos, no sentido de buscar informações verdadeiras e corretas para planejar e executar negócios de sucesso sustentável. “Diga ao mundo o que você pretende fazer, mas primeiro mostre.”


Isso não significa isolamento, pelo contrário, significa procurar as pessoas certas para compartilhar suas ideias e buscar os conhecimentos específicos realmente necessários para a realização dos seus planos. Grupos com os mesmos ideais, que buscam a construção de conhecimentos mais complexos e com maior efetividade, são ótimos para ter um crescimento real no seu ramo de atividade, seja qual for ele.


Nesse ponto, a assessoria jurídica empresarial é muito mais do que resolver problemas, ela os evita! Além de ser uma fonte segura para buscar os conhecimentos necessários para o seu negócio.



0 visualização

©2008 por BRUM PINHEIRO ASSESSORIA JURÍDICA.