Navegar em um Oceano Azul de Possibilidades

Atualizado: Abr 12


Você já ouviu falar na expressão “navegar em um oceano azul”? Navegar em um oceano azul refere-se a navegar em um mar tranquilo, sozinho, na calmaria, sem ameaças externa e a todo o vapor rumo ao sucesso, em evolução constante. Essa é uma expressão muito utilizada para se referir a uma empresa que construiu estruturas internas suficientes para aproveitar todas as suas forças e oportunidades para anular todas as suas fraqueza e ameaças externas, em um mercado no qual atua com excelência, referência e, por vezes, única. Esse é o objetivo da estruturação empresarial e o advogado pode ser decisivo na idealização e conquista desse ideal.


A #análise_de_cenário é fundamental para a estruturação de qualquer negócio, mas sozinha não faz dar certo e, ainda, não pode distrair o empresário. O que faz qualquer negócio dar certo é a atenção e a ação do seu #gestor em direção aos objetivos a longo prazo da empresa.


Só é possível verificar a necessidade de mudar de lugar, de público, de cor, adaptar o produto ou o serviço ou criar novos produtos e serviços se o gestor estiver de olho nos detalhes, em especial naqueles que passam num piscar de olhos, mas que definem o futuro (ou extinção) da empresa.


A #Assessoria_Jurídica deve estar presente em todos os momentos da empresa, da fundação ao pós venda, o que só pode ser executado em parceria com uma gestão ativa e aberta.


Alinhar gestão estratégica completa com prevenção de problemas garante ao empresário, além de sucesso, a possibilidade de navegar em um “oceano azul”, o que significa eliminar riscos e concorrência. Isso porque, a gestão estratégica garante ao empresário encontrar o nicho, o produto ou o serviço ainda não explorado da forma planejada. A assessoria jurídica garante segurança legal para executar os planos da gestão em uma área ou de uma forma ainda não explorada, possibilitando exclusividade pelo tempo necessário ao amadurecimento da empresa.


Navegar junto com o gestor em um #Oceano_Azul de operações bem sucedidas é o papel do advogado corporativo e pode ser o diferencial entre o êxito e o revés.




0 visualização

©2008 por BRUM PINHEIRO ASSESSORIA JURÍDICA.